sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Dia da pátria

Dia da Pátria: Mas o que é a pátria para uma expatriada? Nada mais que um sonho bem distante... Oh, pátria amada! Entre outras mil, tu és só mais uma. Quando estou em teu seio quero sair, quando estou fora, quero retornar. Em teu solo criei raízes, mas fora criei asas. Em ti, tenho os mais belos sentimentos do mundo, mas fora sou só razão. Verás que sou mais uma filha que foge à luta, a que rebela dentro de casa, mas fora te defende como se tu fosses a melhor mãe. É difícil lidar com esse amor que ora me atrai, ora me afugenta que me desintegra e me desorienta, nao sei se quero voltar para ti, mas se eu voltar, acolha-me em teus braços para que eu nao fuja novamente, mesmo eu declarando independência, sinto-me dependente de ti, isso aprendi contigo, independência dependente, a desordem ordenada e o regresso progressivo.

2 comentários:

  1. sou dessa teoria: dentro de casa pode reclamar do que quiser, mas fora de casa, tem que defender com unhas e dentes ;)

    ResponderExcluir
  2. Tens um coração dividido...
    Beijus,

    ResponderExcluir