sexta-feira, 25 de março de 2016

Leitura: "All About Love: New Visions", de bell hooks

Para o mês de março, a leitura do grupo "Our Shared Shelf" foi "All About Love: New Visions", (sem traduçao oficial para o português, mas em traduçao livre  seria "Tudo sobre o amor: novas visoes"), de bell hooks (é seu pseudônimo, escrito com letras minusculas assim mesmo).

bell hooks quando jovem
Olhe as estatisticas do Goodreads do livro antes e depois que entrou na leitura do grupo:

O grafico foi de quase 0 a quase 600 e a cada dia aumenta mais. Isso porque nao tem traduçao para o francês, nem português, nem espanhol. Todo mundo se esforçando para ler em inglês. Parabéns a todos os envolvidos! Como nao tem a versao em audiobook, algumas meninas estao gravando para repassar para quem tem problemas de visao ou de dislexia. Ainda me resta um tiquinho de fé na humanidade depois dessa.

Colocarei as citaçoes em inglês, idioma do livro, para consulta-las posteriormente, pois precisarei para meus estudos, mas fiz pequenos resumos em português de cada capitulo, para nao deixar os raros leitores daqui boiando.



O livro nos convida a repensar o amor, é divido em treze capitulos, sao eles:

Introduçao - Graça: tocados pelo amor

Ela narra que todas as vezes que tentou falar de amor no meio acadêmico ou no meio intelectual, as pessoas viam-na como uma mulher solteira, com mais de 40 anos e "desesperada", pois para eles, mulher quer falar de amor apenas para conseguir relacionar-se com alguém. So é levado à sério os livros de homens que abordam este assunto. Reza a lenda que homens falam com racionalidade e mulheres tendem a ser mais emotivas e a levarem para o lado pessoal. Porém, ela quer mostrar que nao é bem assim, mulher pode falar de amor de forma racional.


Capitulo 1 - Clareza: Dê palavras ao amor

A definiçao de amor na sociedade é mal explicada, muitas vezes confundida com fraqueza, com romantismo, atraçao sexual, possessao, poder ou obscenidades. O verdadeiro amor é uma mistura de varios ingredientes: cuidado, afeiçao, reconhecimento, respeito, compromisso, verdade, honestidade e comunicaçao aberta.


Capitulo 2 - Justiça: liçoes de amor na infância


Pai que castiga ou humilha os filhos e a mulher, achando que o melhor método de conseguir respeito e amor é impondo regras absurdas. Abuso, castigo e amor nao podem coexistir e disciplina é algo bem diferente de puniçao.


Capitulo 3 - Honestidade: seja verdadeiro para amar


Hoje temos medo da verdade, contamos pequenas mentiras para nos livrar de situaçoes embaraçosas, ensinamos os filhos a mentir para evitar maiores problemas, mentimos para nao machucar uma pessoa fragil que nao saberia lidar com a verdade. Somos bombardeados com propagandas e marketing que nada mais é que uma mentira para fortalecer a economia de mercado. A falta de amor é essencial para o consumo, a pessoa sente-se vazia e acha que tendo coisas, ela se sentira melhor ou até mesmo amada.



Capitulo 4 - Comprometimento: Deixe o amor ser amor em mim

Este capitulo foi dolorido para mim, pois preciso aprender a lidar melhor com isso. Fala de amor proprio, auto-aceitaçao, auto-estima, negatividade x positividade e egoismo x comunidade. 
"Nos aprendemos que negatividade é mais realista que qualquer voz positiva". 

Capitulo 5 - Espiritualidade: amor divino

Este é outro capitulo que tenho que foi dificil de lidar porque sou cética por natureza e nao foi por falta de esforço nao, ja tentei encaixar-me nao so em religioes cristãs, mas em religioes orientais, porém nao tenho disciplina para isso. 
Além de espiritualidade, ela fala dos conceitos errados sobre o amor em algumas religioes: "Fundamentalistas moldam e interpretam o pensamento religioso para legitimar o status quo conservador. Fundamentalistas usam a religiao para justificar o apoio ao imperialismo, militarismo, sexismo, racismo e homofobia. Eles negam a mensagem unificada de amor que é a alma da maioria das religioes tradicionais". Concordo 100%

Aqui ela diz que a pratica espiritual, nao precisa necessariamente estar ligada a uma religiao. Ha pessoas que ao servir o proximo expressa o amor e é uma pratica espiritual afirmativa.

Capitulo 6 - Valores: vivendo pela ética do amor

Neste capitulo fala de relaçao amor x poder, ninguém apoia a violência doméstica, mas na hora de assumir que homens têm mais direitos e privilégios o apoio cessa, porque o poder fala mais alto que a igualdade de direitos.

Fala também da falta de comunicaçao entre os parceiros que se jogam na cama sem ao menos discutir sobre seus corpos, suas necessidades, seus desejos, do que gosta e do que nao gosta. A a mensagem recebida através da midia é que o conhecimento torna o amor menos atraente.


Capitulo 7 - Ganância: simplesmente amor

Este capitulo fala de isolamento, solidao, depressao, desespero. A cultura de que ter é mais importante que ser, fala também do narcisismo. Tudo isso impede o amor de florescer.


Capitulo 8 - Comunidade: amor comunal

Este capitulo é sobre estruturas de dominaçao (capitalismo e patriarcado), abuso de poder na estrutura familiar

Também fala do serviço doméstico feito por mulheres, os sacrificios que elas fazem pelos outros, como se elas decidissem servir por escolha, como se fosse o destino biologico e nao sua propria vontade. Ha muitas mulheres que nao estao interessadas em servir e nem por isso sao "menos mulher".


Capitulo 9 - Reciprocidade: o coraçao do amor

Muito do desespero que juventude sente a respeito do amor, vem da crença que eles estao fazendo tudo certo, mas o amor ainda nao aconteceu. O esforço para amar e ser amado produz estresse, conflito e descontentamento perpetuo.

 Falsas noçoes de amor nos ensina que o amor é um lugar onde nao sentimos nenhuma dor, onde estaremos em um estado felicidade constante. Temos que aceitar a realidade, sofrimento e dor nao termina quando começamos a amar.

Capitulo 10 - Romance: Sweet Love

Romantismo, paixao e atraçao sexual nao sao sinônimos de amor. O desejo de amar nao é o proprio amor.
A paixao perfeita acontece quando aparece alguém que tem tudo o que queriamos encontrar em um parceiro. Eu digo "aparece" porque a intensidade da nossa conexao habitualmente nos cega. Vemos o que queremos ver.

Podemos mover da paixao perfeita para o amor perfeito quando as ilusoes passam. Paixao perfeita sempre termina quando acordamos do nosso encantamento. Torna-se amor verdadeiro quando podemos encarar a realidade e entender nossa propria verdade

O verdadeiro amor aparece quando nosso coraçao esta preparado

Capitulo 11 - Perda: amando além da vida e da morte

Violência nas midias, sensacionalismo, apatia em relaçao à morte, supremacia patriarcal branca que mata em defesa da propriedade privada, o medo da morte, o capitalismo, etc.

Capitulo 12  - Cura: amor redentor

Compaixao, empatia pelo proximo sem julgamento.
Julgar os outros aumenta a alienaçao, quando julgamos estamos menos propricios a perdoar.



Capitulo 13 - Destino: Quando os anjos falam de amor

Achei esse capitulo meio esquisito, viajei, é meio mistico-espiritual, mas gostei da parte que fala da forma que a mae de um homem é tratada por ele.


Consideraçoes finais:

Este livro é uma reflexao da autora sobre o amor, nao é a verdade absoluta e nem uma cartilha a ser seguida. Concordei com muitas coisas, aprendi outras que nunca tinha parado para pensar até entao, outras nao me identifiquei, pois tem mais a ver com a cultura americana e outras fiquei com pé atras, achei meio mistico/espiritual, com doses de auto-ajuda, motivaçao e otimismo. É muita informaçao e muitas citaçoes, muitas vezes parece que o assunto tratado foge do que foi anunciado no titulo do capitulo. Porém acho a discussao super valida e ha algumas liçoes que pretendo levar para vida.

Ela citou varios outros autores e livros que falam de alguns assuntos que me interessou, sao três livros que ja coloquei na minha lista "para ler":
Letters to a Young Poet, do Rainer Maria Rilke
Are You Somebody?: The Accidental Memoir of a Dublin Woman, da Nuala O'Faolain
Strength to Love, do Martin Luther King Jr.

É isso!

2 comentários:

  1. Oi, Ana. Adorei a postagem!
    Gostaria de comprar esse livro em formato eletrônico, mas não consegui. Você sabe onde tem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Veronica.
      Em formato eletronico eu nao sei, nao achei na lojinha do kobo, mas livro fisico tem na Amazon, os usados estao bem mais em conta, visto que os livros dela costumam ser bem caros.

      Excluir